Muito nublado

Segunda | 19 Novembro

24C

28

21

Descubra o País < voltar

Tradições gastronómicas de Tete

Experimente a tradicional Amarula

05/03/2010 | Fonte: Por Teresa Cotrim

Fruta Amarula (m´fula)

Pode deliciar-se com vários pratos típicos, caso da massa de farinha branca de milho com diversos tipos de caril, miudezas de cabrito conhecido por N´Kongue, peixe Pende grelhado ou cozido, diversas verduras. O capenta seco é outro prato utilizado assim como massa de farinha de mapira de machoeira.

O peixe capenta também conhecido como sardinha de Tanganica foi aqui introduzido e basta secar ao sol uma pequena quantidade para alimentar uma família.

Todos os anos se pescam toneladas de capenta, representando uma das mais importantes indústrias de exportação do país. Dá trabalho a mais de 2000 pescadores.

Na segunda metade de 1990 várias companhias zimbabianas começaram a explorar a sua importação. Só para ter uma ideia as pescas contribuem com cerca de 3% para o PIB (Produto Interno Bruto de um país) nesta estatística o capenta representa 0,5% o que faz deste peixe o terceiro mais importante recurso pesqueiro do país, depois dos camarões de superfície e de águas profundas, as gambas.

Os barcos são muito especiais com uma grande rede à sua frente. Pescam durante a noite, pois o capenta atrai-se pela luz caindo na rede.

Entre Setembro e Dezembro são os melhores meses para os capturar. E só um barco pode pescar até 1000 kg numa só noite. Os barcos regressam ao nascer do Sol e o peixe é seco e depois comercializado.

A acompanhar há algumas bebidas tradicionais como o pombe que leva farelo, açúcar, farinha de mapiro e farelo. Ou então o cachaço de maçanica, farelo de tamariz e amarula (m´fula).

E a sobremesa? Que tal a fruta da região, o Malambe que tem um forte poder nutritivo. É com ele que fabricam o yogurte, doces e bebidas tradicionais como a amarula, por exemplo, maçanica e tamarie.

©www.sapo.mz

Contactos

Morada
Província de Tete

Contactos

Comentários