Limpo

Sábado | 16 Dezembro

24C

28

20

Descubra o País < voltar

Villas do Índico, onde a natureza se transforma em casa

23/10/2015 | Fonte: www.sapo.mz|Eliana Silva

Fotos

A piscina é um dos ex-libris do Villas do Índico |Foto:Eliana Silva

Fotos

  • À chegada ao Villas do Índico, encontra esta recepção (SAPO MZ/ Eliana Silva)
  • À chegada ao Villas do Índico, encontra esta recepção (SAPO MZ/ Eliana Silva)
  • A tranquilidade do Canal de Bazaruto é evidente a qualquer hora do dia (SAPO MZ/ Eliana Silva)
  • A tranquilidade e a serenidade é um dos sentimentos que se sentem no espaço (SAPO MZ/Eliana Silva)
  • Pormenores de decoração no restaurante (SAPO MZ/ Eliana Silva)
  • Queijo Feta com beterraba, uma das maravilhosa confeccionadas pelo chef (SAPO MZ/ Eliana Silva)
  • O interior de cada quarto (SAPO MZ/ Eliana Silva)
  • Villas do Índico Eco-Resort and Spa
  • Villas do Índico Eco-Resort and Spa
  • À chegada ao Villas do Índico, encontra esta recepção (SAPO MZ/ Eliana Silva)
  • A piscina é um dos ex-libris do Villas do Índico (SAPO MZ/Eliana Silva)
  • A piscina é um dos ex-libris do Villas do Índico (SAPO MZ/Eliana Silva)
  • Villas do Índico Eco-Resort and Spa
  • A tranquilidade do Canal de Bazaruto é evidente a qualquer hora do dia (SAPO MZ/ Eliana Silva)
  • A piscina é um dos ex-libris do Villas do Índico (SAPO MZ/Eliana Silva)
  • À chegada ao Villas do Índico, encontra esta recepção (SAPO MZ/ Eliana Silva)
  • Villas do Índico Eco-Resort and Spa
  • Há várias peças de artesanato da marca In Dico que podem ser compradas (SAPO MZ/Eliana Silva)
  • A tranquilidade do Canal de Bazaruto é evidente a qualquer hora do dia (SAPO MZ/ Eliana Silva)
  • Há várias peças de artesanato da marca In Dico que podem ser compradas (SAPO MZ/Eliana Silva)

À chegada ao Villas do Índico, encontra esta recepção (SAPO MZ/ Eliana Silva)1 de 20

É díficil hierarquizar a amabilidade de cada uma das pessoas que trabalha no Villas do Índico, em Vilanculos: há momentos em que nos rendemos aos pratos do chefe, e aí ele é o nosso preferido; mas depois, cada frase que se troca com o Benny, o empregado de mesa, faz com que se queira estar naquela mesa para sempre; já o sorriso da Benilde, a gerente é igual ao que sentimos quando chegamos a casa; sem esquecer o Edu e o Domingos, os snippers mais bem dispostos de Inhambane; há falta de aventura, há as histórias e o empenho do Victor Hugo, o dono. Mas no final, difícil, difícil, é sair do eco-resort e spa.

 

 

Localizado a cerca de 10km de Vilanculos, em Inhambane, o Villas do Índico é um eco-resort com 10 quartos onde a primazia é dada ao conforto e ao atendimento personalizado. Um local onde pode esquecer os chinelos e as roupas despojadas, ande descalço porque além dos trilhos de palha que o levam ao quarto, só terá que andar da piscina para a praia ou eventualmente subir para um dos barcos que o levará ao Arquipélago de Bazaruto. 

 

 

O ambiente que se vive no Villas do Índico é de total tranquilidade, sendo que os únicos sons que irá ouvir serão o mar ou os passarinhos. Em momentos mais agitados pode ouvir o ladrar do Tofo, o cão mascote da casa. Não se preocupe com isso, já que ele será o seu maior guardião e companheiro enquanto lá estiver. Com ele, sozinho ou acompanhado percorra a praia e aprecie o movimento da maré com o aparecimento e desaparecimento dos pequenos areais.

 

 

À vinda, deve estar com calor e com fome. Aproveite a piscina, um dos ex-libris do resort e coma. Sugeria-lhe quase qualquer coisa, mas coma: ora a salada de peixe, o queijo feta grelhado com beterraba, o fettucine com caranguejo ou os panados de camarão.

 

 

A organização do resort oferece-lhe a possibilidade de praticar uma das variadíssimas actividades aquáticas, mas se preferir ficar, tem sempre a possibilidade de jogar uma partida de voleibol, de comprar algumas peças de artesanato da marca In Dico ou simplesmente descansar num dos sofás-canoa.

Comentários