Muito nublado

Terça | 20 Novembro

31C

35

23

Descubra o País < voltar

Como nasceram as ilhas de Bazaruto?

Mia Couto explica como

08/06/2009 | Fonte: Por Teresa Cotrim

Foto: Teresa Cotrim | Dunas de Bazaruto

O biólogo e famoso escritor Mia Couto explica como, num texto da revista Índico.

As ilhas de Bazaruto foram parte da Península de São Sebastião. Tudo isto aconteceu "recentemente", na escala geológica do tempo.

"A cadeia de dunas da qual a Península de São Sebastião faz parte possui "escassos" menos de 90 mil anos", explica Mia Couto, no texto Pinturas de Areia e Vento, da revista Índico.

O escritor como sempre descreve de forma poética como tudo aconteceu: "Essa é apenas a idade do material que serviu de ventre materno. Porque o parto, o corte do cordão umbilical ocorreu muito mais tarde. Esse golpe que roubou as ilhas ao continente tem apenas 5 mil anos.

Na escala geológica, um simples piscar de olhos nos separa desse nascimento.

A última transgressão marinha actuou como o destino que, sem nos darmos conta, nos leva os filhos de casa: a península fragmentou-se e as águas sulcaram canais entre as diversas ilhas.

O mesmo processo fez criar, mais a Sul, a ilha da Inhaca, cortando, na mesma altura, a península de Machangulo.

Esta é a origem de quatro dos cinco actuais territórios insulares do arquipélago: Bazaruto, Benguerra, Magaruque e Bangue.

Texto de Mia Couto citado por Teresa Cotrim

Contactos

Morada
Arquipélago de Bazaruto - Inhambane

Contactos

Comentários