Céu limpo com poucas nuvens

Sexta | 20 Setembro

31C

33

25

Descubra o País < voltar

Observar baleias corcundas

27/03/2009 | Fonte: Por Teresa Cotrim

Fotos

Fotos: Isabel Marques da Silva | Baleia corcunda vem dar a luz em Vamizi

Fotos

  • Baleia Corcunda na ilha de Vamizi
  • Baleia Corcunda na ilha de Vamizi
  • Baleia Corcunda na ilha de Vamizi

Baleia Corcunda na ilha de Vamizi1 de 3

De Julho a Dezembro as águas da ilha de Vamizi, situada no Arquipélago das Quirimbas, em Moçambique ganham outra dimensão ao receberem umas mamãs muito especiais: as baleias-corcundas. É um mamífero da ordem dos cetáceos que vive em mares de todo o mundo.

Os machos medem entre 15 a 16 metros e as fêmeas 16 a 17 metros. Pesam cerca de 40 toneladas e o seu dorso tem uma tonalidade que mistura o azul e preto. Já a sua barriga pode ser toda branca ou misturar tonalidades de cor mármore e preto.

Desde 1967 que é uma espécie protegida e, em 2008 estimativas indicam que devem existir em todo o mundo cerca de 30 mil a 65 mil exemplares. E mesmo com estes números ainda está ameaçada de extinção até porque foi vítima de predação pela indústria baleeira.

Outra característica que poderá variar dentro da mesma espécie é a forma da sua cauda que pode ser achatada ou triangular. Isabel Marques da Silva, 37 anos, bióloga portuguesa responsável pelo Programa de Conservação Marinha desta ilha desde 2006 já fotografou mais de 20 baleias, estando neste momento a preparar um inventário e a catalogar este pormenor.

Com este estudo a investigadora pretende obter informação valiosa para determinar a dimensão da população, migração, aspectos da sexualidade e padrões de comportamento.

Esta baleia é a mais maciça da espécie e, por isso das menos elegantes. Nada a uma velocidade de seis a doze quilómetros por hora. Na estação fria migra para águas tropicais e na quente para as águas polares. Aliás, dentro dos mamíferos é a que mais viaja. Chega a fazer oito mil quilómetros. Come plâncton e pequenos peixes e não é das mais fiéis. Nestas viagens acaba por mudar de companheiro.

As fêmeas entoam autênticas melodias que podem durar meia hora, e caso os machos rondem as mesmas águas entoam as mesmas canções. E pensa-se que o melhor cantor ganha a dama. Além de cantores são excelentes acrobatas, pois são conhecidos por fazerem autênticos saltos mortais dentro de água.

Têm apenas uma cria com uma gestão de 14 meses e para amamentar a baleia corcunda sobe à superfície e o filhote apesar de abocanhar o mamilo acaba por beber o leite em forma de esguicho.

Se ficou entusiasmado pode observar este mamífero incrível em Vamizi mas há regras a seguir: ficar a pelo menos 50 metros e se for uma fêmea com bebe terá de ser 100 metros.

O barco deve andar devagar e fazer o menor ruído possível, se uma baleia se aproximar do barco terá de abrandar e parar. Qualquer barulho que possa assustá-las deve ser evitado e acima de tudo mantenha o ambiente limpo.

©www.sapo.mz

Contactos

Morada
Ilha de vamizi - Arquipélago das Quirimbas - Província de Cabo Delgado

Contactos
Programa de Conservação Marinha
Email: marineconservation@vamizi.com

Comentários