Céu limpo com poucas nuvens

Terça | 21 Maio

31C

33

25

Descubra o País < voltar

Palmar e areal a perder de vista

Talvez o maior palmar do mundo

16/02/2011 | Fonte: Por Marta Curto

Fotos

Foto: Marta Curto e Ricardo Franco | Praia de Zalala

Fotos

  • Praia de Zalala
  • Praia de Zalala
  • Praia de Zalala
  • Praia de Zalala
  • Praia de Zalala
  • Praia de Zalala
  • Praia de Zalala
  • Praia de Zalala

Praia de Zalala1 de 8

Há quem diga que é o maior palmar do mundo. Contagia os 40 quilómetros que vão da cidade de Quelimane à praia de Zalala e realmente não há espectáculo mais bonito, sobretudo se for percorrido ao pôr do sol, com dezenas de pessoas a andar na estrada, bicicletas a carregar tudo o que se possa imaginar e aquilo que nunca se imaginaria.

A cidade de Quelimane é conhecida pelas suas bicicletas. E de facto, não há chapas, nem táxis. As biclas fazem todo o serviço por 5 meticais. À beira da cidade, o rio Bons Sinais dá frescura a esta capital de província, mas ainda assim, o calor do Verão moçambicano pede banhos de mar e, por isso, vamos para a praia de Zalala, vendo o sol entrecortado por milhares de palmeiras.

Tal como no palmar, também a vista não alcança o fim do areal da praia. Na suas margens, pinheiros desafiam as palmeiras que acompanharam o caminho. Gralhas resmungam pelos ares, enquanto barcos de pesca esperam pela hora de sair para o mar.

As águas são quentes e pedem alguma destreza. Os mais aventureiros encontram aliás ali um bom local para a prática de windsurfing e kite surfing. Para os que estiverem interessados em explorar a área, existem muitas possibilidades. Os visitantes podem ser levados em canoa para Idugo, uma ilha pitoresca, ou ao longo do rio Bons Sinais.

Os amantes da cultura têm na Zambézia mais de 150 grupos de músicos e grupos de dança, e dois grandes eventos culturais a não perder. O Carnaval de Quelimane, o maior de Moçambique, que dura uma semana, e, desde 2008, o Festival de Artes de Zalala um evento de três dias em Novembro, que chega a atrair mais de 15 mil pessoas e onde se pode encontrar boa gastronomia, artesanato, dança e música.

O Zalala Beach Lodge é uma boa opção de alojamento na praia de Zalala, tendo bungalows, restaurante, organização de actividades – desportos náuticos, assim como passeios – e até a possibilidade de fazer voluntariado junto da comunidade local do Supinho.

©www.sapo.mz

Contactos

Morada
Quelimane - Província da Zambézia

Contactos

Comentários