Muito nublado

Terça | 20 Novembro

31C

35

23

Descubra o País < voltar

Snorkelling na ilha de Sta. Carolina

08/06/2009 | Fonte: Por Teresa Cotrim

Foto: Teresa Cotrim

Quando o barco desliga o motor ficando apenas a deslizar serenamente nestas águas de uma azul-esverdeado que nos deixam completamente sem fala nem imaginamos o que se segue.

À tona da água o suave ondular revela uma pequena mancha parece uma rocha, porém quando mergulhamos a cabeça apetrechada pela máscara e pelo snorkel só pensamos: “Uau! Que lindo! Deus existe!” É inacreditável que a escassos centímetros do nosso nariz nadem múltiplos peixes coloridos e que os corais exibam tonalidades variadas que vão dos azuis, amarelos e vermelhos misturados com algum verde e castanho. Não apetece sair dali. Aquele recanto de oceano é sagrado. Quase virgem!

A ilha de Santa Carolina ainda não tem local para pernoitar. Já teve e vai ter, pois o Grupo Rani, presidido por um árabe tem em mãos um projecto. Aqui visita-se um hotel em ruínas cujas paredes e traços ainda narram a sua história.

Sta Carolina ou ilha do paraíso é guardada por um curador, Luís Azevedo que conhece cada pedaço deste pedaço de terra. E que nos leva a deambular por este museu marinho. É único este local.

Entrar neste mar abençoado pode ser o baptismo para uma vida de mergulhador.

O snorkel, palavra oriunda de uma peça de equipamento de mergulhador, ou seja é o tubo que permite respirar na superfície sem necessitar de tirar a cabeça de dentro de água pode ser o primeiro passo para se apaixonar pelas profundezas do oceano.

Se bem que neste caso se nada à superfície utilizando apenas uma máscara, barbatanas e snorkel. No fundo faz com que o praticante se habitue a utilizar o equipamento básico de mergulho. É simples, barato, cómodo e fácil para quem não é um nadador exímio.

Depois a transparência e temperatura da água são o verdadeiro convite a mergulhar sem receio. Porém, se vai para dentro de água veja bem o equipamento. Leve o adequado para usufruir em pleno deste maravilhoso momento da sua vida!

©www.sapo.mz

Dicas para escolher bem o material

1. Escolha a máscara que melhor se adequa ao seu rosto. Ajuste-a bem. Esta deve estar firme, bem apertada mas sem deformar o contorno natural do seu rosto. Se entrar água ou está mal colocada, ou não é adequada à sua face ou, então está estragada.

2. Um dos maiores problemas é embaciar, por isso se for nova lave-a bem com água e sabão para retirar a oleosidade. Se já for usada os experientes aconselham a cuspi-la e esfregar o vidro. Se ouvir um ligeiro som é porque a missão está cumprida. Para a colocar molhe a face, afaste bem os cabelos.

3. O snorkel deve estar preso à tira da máscara. Quanto ao lado do rosto é uma escolha pessoal. A boquilha deve ser presa no interior da boca enquanto a vedação é garantida pela pressão dos lábios. Respire de uma forma suave e profunda.

4. Ajuste bem as barbatanas. Se tiverem largas podem ferir os pés devido à fricção da borracha contra a pele. Por outro lado, se estiverem apertadas podem causar cãibras porque dificultam a circulação sanguínea.

Contactos

Morada
Ilha de Sta. Carolina - Província de Inhambane

Contactos

Comentários