Céu limpo com poucas nuvens

Domingo | 21 Outubro

23C

24

15

Descubra o País < voltar

Maputo em dois dias

Para conhecer melhor a cidade

14/02/2011 | Fonte: Por Marta Curto

Fotos

Foto: Marta Curto | Casa de Ferro

Fotos

  • Casa de Ferro
  • Restaurante Cardoso
  • Bar Gil Vicente
  • Café das Acácias
  • Museu de História Natural
  • Restaurante Costa do Sol
  • Bazar Central
  • Hotel Souther Sun
  • Estação de Caminhos de Ferro
  • Estação de Caminhos de Ferro

Casa de Ferro1 de 10

Como o tempo está de sol e só apetece é andar na rua, o portal SAPO.mz fez um roteiro de dois dias para quem quer conhecer melhor a cidade, e sobretudo, aproveitar tudo o que ela tem de bom!

Comece com um jantar no restaurante tailandês Tchova (Rua S. Mutemba, 287). Tem um jardim fresco e as mesas não estão demasiado chegadas umas às outras. Não deixe de experimentar a sopa picante de camarão.

Siga depois para o restaurante/ bar Kampfumo (na Estação de Caminhos de Ferro, baixa da cidade) para um início de noite agradável. Lá dentro, a decoração é muito agradável e a estação de comboios é lindíssima. Sente-se numa mesa no cais da estação. Ás sextas-feiras, o bar costuma organizar várias actividades, nomeadamente concertos, sessão de karaoke, ou convite a um dj.
 
Pelas duas da manhã vá até à feira popular (na baixa da cidade) e entre na típica discoteca Face to Face, para dançar agarradinho ou não, mas sempre música africana.

De manhã, vá tomar o pequeno almoço ao Hotel Southern Sun (na marginal) e aprecie a vista descontraída sobre a baía de Maputo. Depois, vá até à baixa e faça umas comprinhas de artesanato moçambicano na Feira do Pau (Praça 25 de Junho). Mesmo ao lado, está a fortaleza, que vale a pena ver, e o Museu da Moeda (Praça 25 de Junho).

Por volta das 11 horas, deixe a Praça 25 de Junho e siga pela Avenida 25 de Setembro até ao Bazar Central. É um misto de cheiros e cores incrível. Aproveite para comprar especiarias.

À hora do almoço, faça a marginal inteira até chegar ao emblemático restaurante Costa do Sol. Pelo caminho, note o movimento do calçadão, as futeboladas na praias, e os churrascos à beira da estrada.

No restaurante Costa do Sol, experimente a caipirinha e as cabeças de lula fritas. Aqui o ponto alto é o marisco, por isso, escolha e sirva-se.
 
Volte depois para a cidade, e visite o Museu de História Natural (Rua da Argélia). Aprecie os animais embalsamados e a – única no mundo – colecção de fetos de elefante. Passe então a rotunda para o outro lado e aprecie um fim de tarde no Café das Acácias, com uma vista fantástica sobre a cidade.
 
Jante no Zambi (Av 10 de Novembro, nº 8) e não deixe de experimentar a sangria de champanhe. Siga depois para o bar Gil Vicente (Avenida Samora Machel, ao lado do Cinema Gil Vicente) que tem sempre música ao vivo, com excelentes músicos moçambicanos.

De manhã, vá tomar o pequeno almoço ao Cardoso (Avenida Martires de Mueda 707) e aproveite para dar uns mergulhos na piscina do hotel, com uma vista espectacular sobre a cidade. Almoce no Indy que, aos domingos, tem um buffet fantástico.

Desça depois até à baixa para visitar a Catedral (Praça da Independência) e a Casa de Ferro (Avenia Samora Machel). Beba um café na esplanada do Centro Cultural Franco-Moçambicano (Praça da Independência) e aprecie uma das exposições patentes.

Pegue depois no carro e dê uma volta pelas principais avenidas da cidade, a Eduardo Mondlane, Vladimir Lenine, 24 de Julho, 25 de Setembro.

Ao final do dia vá beber um copo ao Núcleo de Arte e aproveite para ver o concerto das 18 horas.

À noite, vá ao famoso Piri Piri (Av. 24 de Julho, 3842) e opte pelo frango à piri piri.

©www.sapo.mz

Contactos

Morada
Cidade de Maputo

Contactos

Comentários