Céu limpo com poucas nuvens

Domingo | 25 Agosto

31C

33

25

Descubra o País < voltar

Orla de Inhambane

24/07/2009 | Fonte: Por Rosa M.

Na orla de Inhambane, tanto a norte como a sul da capital da província, há um bom número de alternativas ou complementos de uma estância no Tofo.

Pouco mais de uma dezena de quilómetros para norte, por uma estrada de terra vermelha que serpenteia entre palmares, está a Barra, uma praia com boa oferta de alojamento.

Nas imediações está o recente Flamingo Bay Water Lodge, um conjunto de casinhas em materiais locais assente sobre um sistema de palafitas. Continuando para Norte, chegamos a Morrungulo e meia centena de quilómetros depois, a Pomene (uma reserva natural), que conserva um litoral edénico, o típico cenário tropical enfeitado de palmeiras, e já depois de Vilankulos à ampla praia de Inhassoro.

Para sul, não falta, igualmente, escolha. A Baía dos Cocos é a primeira, depois vêm Guinjata, enseada encravada entre falésias, e os cenários de rodagem de «A Jóia de África».

Lá para as bandas de Quissico, a terra das timbilas, encontramos duas pérolas, Zavala e Ponta Závora. Esta é uma zona, também, de lagoas.

No roteiro dos passeios há que inscrever-se, ainda, uma visita a Inhambane, cidade que conserva um núcleo urbano do tempo colonial, uma espécie de museu que testemunha exemplarmente uma época.

As edificações mesclam elementos lusos, orientais e das tradições arquitectónicas swahili.

 

Contactos

Morada
Inhambane

Contactos

Comentários