Céu limpo com poucas nuvens

Domingo | 21 Outubro

23C

24

15

Notícias < voltar

Mapa das Artes poderá dar visibilidade à cultra e turismo em Inhambane

4ª Edição da Exposição de Biodiversidade Itinerante

02/08/2018

A província de Inhambane passará a contar, a partir do mês de Agosto corrente, com um mapa das artes daquele ponto do país, com a esquematização de mais de 50 pontos de intesse cultual e roteiros turísticos.

O lançamento da plataforma deverá acontecer entre os dias 3 e 12, durante a 4ª edição da Exposição de Biodiversidade Itinerante: A Cultura da Conservação e o Desenvolvimento Sustentável, promovido pela Fundação para a Conservação da Biodiversidade (BIOFUND).

Segundo Gabriel Borges, Director Executivo do projecto em causa, o lançamento desta iniciativa enquadra-se nos esforços de promoção da cultura e turismo moçambicano. “É uma nova fase para todos nós, e estamos muitos felizes em poder desenvolver um mapeamento cultural da cidade, actualizado e que envolva a todos, tanto o governo como os residentes da terra da boa gente”, sublinhou.

 

Estima-se que cerca de cinco mil visitantes, especialistas em biodiversidade e alunos de escolas primárias, secundárias, técnico-profissionais e do ensino superior das cidades de Inhambane, Maxixe e distrito Jangano vão participar do evento, a decorrer na Escola Superior de Hotelaria e Turismo de Inhambane.

 

Durante 10 dias, está agendado uma feira com a participação do sector privado, Organizações Não-governamentais (ONGs), demonstração de projectos ligados ao sector e um fórum de debate com enfoque na necessidade de harmonização do desenvolvimento económico e a conservação da biodiversidade, em Moçambique, particularmente em Inhambane.

 

Ainda no decurso da exposição, haverá projecção de filmes, acções formativas especiais, um calendário de visitas guiadas envolvendo escolas da cidade de Inhambane e jogos educativos para os mais novos.

 

No mesmo evento, o ambientalista Carlos Serra vai promover campanhas de educação ambiental, uma exposição sobre o impacto do plástico nos oceanos e biodiversidade marinha e costeira, assim como acções de limpeza em locais estratégicos, com enfoque para a remoção de plástico.

Comentários